• IBIRITE - (31) 3533-1577 | (31) 3533-1921

  • SARZEDO - (31) 3577-7457

Whatsapp Ibirité
(31) 98803-3810

Whatsapp Sarzedo
(31) 98803-3939

Blog

Mantenha-se atualizado

08/06/2018
A importância do flúor para os dentes

A importância do flúor para os dentes

Você aplica flúor todos os dias? E sabe para que ele serve na higiene oral? É comum que as pessoas usem essa substância, mas tenham pouco conhecimento de sua importância.

A verdade é que ela ajuda a proteger contra cáries dentárias, além de fortalecer e preservar os dentes. É, portanto, uma atitude complementar à higiene bucal, que pode oferecer muitos resultados positivos em longo prazo.

Neste artigo, vamos explicar melhor para que serve o uso da substância, como utilizá-la de maneira adequada e quais são os benefícios de tomar essa atitude.

Vamos lá?

Para que serve o flúor?

A química dessa substância permite uma concentração de flúor específica, que visa ao fortalecimento do esmalte dentário para evitar o processo de desmineralização. Isso significa que a perda natural de minerais é impedida, já que esse desgaste acontece principalmente devido a elementos ácidos, como suco de laranja, vinagre e refrigerante.

É importante destacar que esse processo acontece também devido às bactérias e aos alimentos, que removem o mineral dos dentes. Já o flúor executa o procedimento inverso e tem um efeito antienzimático e antimicrobiano.

Em outras palavras, todos os inimigos da higiene bucal são removidos e os benefícios, bastante significativos. A incidência de cárie também é reduzida consideravelmente, justamente porque as impurezas são eliminadas.

Como aplicar o flúor corretamente?

Existem duas formas de aplicar essa substância: em casa ou no consultório dentário. No segundo caso, o objetivo é interromper algo que já está ocorrendo na cavidade oral e pode levar a um problema maior.

A finalidade, portanto, é a profilaxia, já que a camada superficial removida durante o tratamento é reposta pelo líquido. Caso você tenha um risco maior de cáries, também vale a pena adotar esse procedimento com mais frequência, desde que recomendado pelo dentista.

Por outro lado, se você tem uma boa saúde bucal, já conquista a dose necessária por meio da água potável tratada, creme dental, alimentos e chás.

Qual a frequência de aplicação adequada?

O flúor não pode ser usado em excesso, porque também pode causar problemas. Um dos principais é a fluorose dentária, isto é, manchas geralmente esbranquiçadas que aparecem de maneira simétrica.

Essa situação não é a mais adequada, especialmente porque impacta a estética. Ela é derivada da alta toxicidade da substância, que acomete o indivíduo que usa o líquido em excesso. Além disso, existem outros problemas, podendo ser vômitos, mal-estar e ânsia.

Assim, o ideal é não haver o uso demasiado, mas sim um equilíbrio, que passa pela adoção do enxaguante bucal, que remove os germes que causam:

  • A placa;
  • A gengivite;
  • O mau hálito.

O cuidado necessário é evitar aqueles que contêm álcool para não passar por ardência.

Entendeu por que é imprescindível usar o flúor no seu dia a dia? Agora que você já compreende, comece a aplicá-lo agora mesmo. Sempre lembrando de manter o equilíbrio, conforme orientação do seu dentista.

Se tiver alguma dúvida, marque uma consulta e veja com nossos especialistas qual procedimento é o mais adequado para o seu caso.



Assine nossa
newsletter



Assign a menu in the Right Menu options.
Agência Digital em BH Marketing Digital BH Agência de Marketing