• IBIRITE - (31) 3533-1577 | (31) 3533-1921

  • SARZEDO - (31) 3577-7457

Whatsapp Ibirité
(31) 98803-3810

Whatsapp Sarzedo
(31) 98803-3939

Blog

Mantenha-se atualizado

08/06/2018
Cárie dentária – 5 dicas para evitar

Cárie dentária – 5 dicas para evitar

A cárie dentária é um problema muito comum. Um estudo divulgado no jornal O Globo aponta que 2,4 bilhões de pessoas no mundo têm esse problema sem tratá-lo. No entanto, é impossível esquecer disso, já que a saúde oral sofre impactos muito negativos.

A cárie dentária é uma doença infecciosa crônica, que surge a partir de vários fatores. Ela pode causar lesões estruturais e buracos nos dentes, que prejudicam o sorriso.

Então, como evitá-las e garantir uma boa higiene oral? É o que veremos neste post. A seguir, você verá 5 dicas que devem ser seguidas.

Acompanhe!

1. Tenha uma boa higiene bucal para evitar a cárie dentária

Escovar os dentes é uma atitude fundamental para evitar cáries. O ideal é adotar essa atitude sempre a cada refeição, pelo menos 3 vezes ao dia. Usar o fio dental também é altamente recomendado, porque ele consegue remover impurezas que ficam em lugares mais escondidos.

Sempre lembre de escovar os dentes antes de dormir, porque o pouco movimento da boca faz com que as bactérias que vivem no local tenham mais facilidade de decompor os alimentos. O resultado é que elas produzem ácidos em maior quantidade, que danificam o esmalte e incentivam o surgimento das cáries.

Escovar os dentes com flúor é outra atitude recomendada. Essa substância pode estar no creme dental e você ainda deve adotar o enxaguante, de preferência sem álcool.

2. Evite ingerir muitos doces

O alimento açucarado não é mais saudável nem o mais apropriado para uma boa saúde bucal. Eles deixam os dentes amarelados e facilitam o aparecimento da placa bacteriana, um dos sintomas de existência de cárie.

O açúcar mais prejudicial é o refinado. Em seguida vêm a frutose — das frutas — e a glicose — encontrada em massas e pães. Perceba que eles não são totalmente contraindicados, mas devem ser moderados.

Uma ideia é determinar os dias que fará a ingestão desse tipo de alimento. Além disso, tenha em mente que quanto mais pastoso for o alimento, maior é a chance de ele causar cárie dentária.

3. Consuma bastante água

Bocas secas podem ter menor produção de saliva, que é uma proteção natural contra as cáries. Sua função é contribuir para a dissolução dos alimentos e evitar a formação da placa bacteriana.

Por isso, tome bastante água, pelo menos 2 litros por dia. Comer frutas e outros alimentos saudáveis também é uma atitude positiva, porque ajuda a produzir saliva.

4. Visite o dentista com frequência

Uma consulta com esse profissional deve ser marcada pelo menos duas vezes por ano. A ideia é tratar as cáries já no início para evitar que elas evoluam rapidamente. O dentista também pode impedir o surgimento de outros problemas, mesmo que menores, como as manchas brancas.

Caso algum dano mais profundo apareça, por exemplo, na raiz dentária, o profissional consegue fazer o ajuste rapidamente para prevenir doenças.

5. Escolha a escova correta

O indicado é substituir a escova de dentes a cada 3 meses ou a cada doença respiratória, a fim de evitar outras contaminações. Procure usar as que têm cerdas macias ou médias, que são mais flexíveis e evitam que o esmalte seja arranhado.

Utilize a escova adequada. Por exemplo: crianças devem usar as menores, enquanto os adultos com dificuldades motoras podem utilizar as que têm alça maior. Por fim, lave a escova após a escovação e guarde seca e limpa para impedir a contaminação bacteriana.

Seguindo essas dicas, a cárie dentária pode ser evitada ou rapidamente tratada assim que surgir. Com isso, você consegue ter uma boa higiene e um sorriso cada vez mais bonito.

E você, já visitou seu dentista para ver se tem alguma cárie? Faça seu pré-agendamento em uma de nossas unidades e garanta uma saúde bucal ainda melhor.



Assine nossa
newsletter



Assign a menu in the Right Menu options.
Agência Digital em BH Marketing Digital BH Agência de Marketing