• IBIRITE - (31) 3533-1577 | (31) 3533-1921

  • SARZEDO - (31) 3577-7457

Whatsapp Ibirité
(31) 98803-3810

Whatsapp Sarzedo
(31) 98803-3939

Blog

Mantenha-se atualizado

18/01/2019
5 erros a serem evitados ao escovar os dentes

5 erros a serem evitados ao escovar os dentes

Você sabia que pode escovar os dentes errado? A prática que aprendemos ainda quando criança nem sempre é a mais adequada — e isso causa problemas para nossa saúde bucal.

O recomendado é fazer a higienização, pelo menos, três vezes ao dia e sempre após as refeições. Além disso, a escovação antes do sono é a mais importante, porque o fato de ficarmos muitas horas dormindo diminui o fluxo salivar e aumenta o potencial de retenção do flúor.

Esse talvez seja o seu primeiro erro. No entanto, existem outros que os dentistas costumam ver nos consultórios que precisam ser evitados. Quer saber quais são eles? Confira a seguir!

1. Escolher uma escova de dentes inadequada

Muita gente vai à farmácia ou ao supermercado e compra as escovas mais caras por achar que são melhores. Isso é um mito! O que determina a qualidade do produto é a quantidade, o nível de maciez e o arredondamento das pontas das cerdas.

O design e a flexibilidade da escova também contribuem para os bons resultados. Por isso, evite aquelas que são muito duras. Nesses casos, as cerdas machucam a gengiva e até fazem com que a limpeza seja feita menos vezes que o necessário.

Lembre-se ainda de que as escovas menores são mais indicadas. Elas costumam alcançar todos os ângulos dos dentes e da boca com mais precisão que os modelos grandes.

2. Escovar os dentes muito tempo depois ou logo após comer

Parece estranho, certo? Mas essa afirmação está certa! É preciso alcançar um equilíbrio de tempo após o final das refeições.

O ideal é fazer a higiene no prazo de 30 minutos após o término da refeição. Nesse período, a saliva tem a função de neutralizar o pH de bebidas e alimentos. Caso contrário, os itens consumidos que forem superácidos agridem o esmalte —e a escovação em seguida prejudica ainda mais a situação.

3. Escovar com força

Se você aprendeu que precisa forçar a escova para obter uma limpeza melhor, está enganado! O melhor é higienizar com jeito para evitar agressões aos dentes e à gengiva. Caso contrário, é possível o desenvolvimento de exposição da raiz e retração gengival.

Dica: evite usar muita pasta dental. Por mais que isso pareça um cuidado maior, atrapalha, porque as cerdas deslizam mais e a placa existente nos dentes não é alcançada.

4. Ignorar a língua e a gengiva

O processo de escovação deve incluir dentes, língua e gengiva. Depois de higienizar os primeiros, limpe a segunda. Além disso, passe as cerdas na borda da gengiva, que fica rente aos dentes.

É importante fazer um pouco de pressão e até entrar aproximadamente 2 mm para garantir que os resíduos serão retirados. Vale a pena lembrar que a língua pode atrapalhar a escovação. A depender da posição, ela empurra a escova para cima e prejudica a limpeza dos dentes inferiores.

5. Escovar os dentes enquanto faz outras coisas

Fazer duas coisas ao mesmo tempo é ruim, porque você deixa de se concentrar em uma delas. Por isso, nunca escove os dentes vendo TV, durante o banho ou pensando em algum problema que tenha no momento.

Fique na frente do espelho e verifique se todos os dentes são higienizados. Passe fio dental e flúor para garantir uma limpeza completa. Não tenha pressa. Tenha em mente que a escovação ideal dura, pelo menos, dois minutos.

É assim que você garante que toda a boca é limpa, em vez de higienizar somente a parte que aparece. O resultado é a melhoria no ato de escovar os dentes e um sorriso perfeito!

Agora que você sabe como escovar os dentes de maneira correta, que tal conhecer melhor um dos problemas da falta de saúde bucal? Entenda a inflamação nas gengivas, a gengivite.



Assine nossa
newsletter



Assign a menu in the Right Menu options.
Agência Digital em BH Marketing Digital BH Agência de Marketing