• IBIRITE - (31) 3533-1577 | (31) 3533-1921

  • SARZEDO - (31) 3577-7457

Whatsapp Ibirité
(31) 98803-3810

Whatsapp Sarzedo
(31) 98803-3939

Blog

Mantenha-se atualizado

27/07/2018
Sensibilidade dentária

Sensibilidade dentária

Você já tomou um sorvete e sentiu alguma dor nos dentes? Ou tomou um suco de limão ácido e teve a mesma sensação? Ou, quem sabe, mastigou uma bala de caramelo e também ficou dolorido? Todos esses casos são exemplos de sensibilidade dentária.

Essas situações são bastante comuns entre as pessoas. Há, inclusive, pastas de dente que prometem acabar ou, pelo menos, aliviar essa dor de dente. Mas será que é possível eliminar essa sensação?

A resposta está neste post. Então, que tal saber mais sobre o assunto e preservar seus dentes? Acompanhe!

O que é a sensibilidade dentária?

Boa parte das pessoas já teve esse problema pelo menos uma vez na vida. Quando isso ocorre esporadicamente, não há grandes problemas. Mas se for constante, é preciso investigar e tratar adequadamente.

Porém, o que causa essa sensação? É a exposição dos tubos dentinários, que são invisíveis a olho nu. Por estarem cheios de terminações nervosas, eles geram a dor quando há uma submissão ao gelado, ao quente ou à pressão.

Esses elementos microscópicos aparecem em duas situações: quando o esmalte do dente sofre erosão ou quando há uma recessão da gengiva. Por isso, em condições normais a sensibilidade não ocorre, já que o esmalte e a gengiva protegem a dentina.

Caso haja erosão do esmalte, a dentina, que é a estrutura mais profunda, é exposta. Já a recessão da gengiva pode ser originada pela existência de bactérias ou uma escovação muito brusca. Novamente, a dentina acaba aparecendo.

O que pode causar a exposição dos tubos dentinários?

O desgaste do esmalte ou a retração da gengiva expõe a raiz e impede que o dente fique protegido. Vários fatores podem ocasionar essa situação, como:

  • escovar os dentes com força e com o uso de uma escova de cerdas duras;
  • consumir muitas bebidas ácidas, inclusive refrigerante;
  • comer muitos alimentos com excesso de açúcar;
  • utilizar creme dental bastante abrasivo;
  • ter bruxismo;
  • realizar tratamentos de limpeza e/ou clareamento dental;
  • fraturar o dente;
  • apresentar gengivite;
  • ter cárie.

Como prevenir a sensibilidade dentária?

Esse problema afeta 57% da população adulta, segundo dados divulgados pelo site Saúde, da Abril. A melhor forma de evitar a sensação dolorida ao se alimentar de alguns alimentos e bebidas é seguir algumas dicas básicas, como as que citamos, em seguida:

  • escove os dentes corretamente;
  • visite o dentista regularmente;
  • utilize uma escova de cerdas macias;
  • compre um creme dental voltado para dentes sensíveis;
  • use enxaguante bucal com flúor;
  • adote o fio dental duas vezes ao dia para manter a gengiva sob controle;
  • evite alimentos e bebidas com muito açúcar ou ácidas;
  • faça clareamento dental somente sob supervisão do dentista;
  • realize o tratamento, conforme indicação do profissional.

Assim, fica claro que a sensibilidade dentária não só é comum, como também precisa ser avaliada e tratada. Dessa forma, você conquista mais qualidade de vida e evita as dores ao ingerir alimentos, que são bastante incômodas.

E você, gostou de entender mais sobre esse assunto? Confira outros assuntos relevantes para sua higiene bucal assinando a nossa newsletter!



Assine nossa
newsletter



Assign a menu in the Right Menu options.
Agência Digital em BH Marketing Digital BH Agência de Marketing