• IBIRITE - (31) 3533-1577 | (31) 3533-1921

  • SARZEDO - (31) 3577-7457

Whatsapp Ibirité
(31) 98803-3810

Whatsapp Sarzedo
(31) 98803-3939

Blog

Mantenha-se atualizado

25/01/2019
Tipos de clareamento dental

Tipos de clareamento dental

O que todo mundo quer é ter um sorriso bonito, certo? Porém, o tempo passa e os dentes ganham um aspecto amarelado. O que fazer? O melhor é optar por um dos tipos de clareamento dental.

Esse procedimento é indicado para melhorar a confiança e a autoestima. Mas existem várias opções — e algumas delas são mais abrasivas para os dentes. Além disso, existem pessoas com limitações, que precisam ser consideradas para evitar problemas no tratamento.

É por isso que, neste post, vamos explicar melhor como funciona o clareamento dental e seus principais tipos. Acompanhe!

 

O que é o clareamento dental?

aspecto amarelado que surge com o tempo. Esse procedimento acontece devido a um agente clareador, que ingressa nas estruturas dentárias e reage com as manchas e outros pigmentos encontrados.

Eles são quebrados em partículas menores, o que faz o branco dos dentes reaparecer. É importante destacar que é normal a coloração amarelada aparecer devido ao consumo de alimentos ricos em corantes naturais e artificiais.

Outros motivos que ocasionam essa situação é a exposição da dentina, camada interna e amarelada dos dentes. Com o passar do tempo, há desgaste nessa estrutura dentária e isso tira o branco necessário a um sorriso bonito.

Quais são os tipos de clareamento dental?

Existem diferentes métodos para fazer o clareamento. Algumas pessoas optam por fazer o procedimento em casa e sem a supervisão de um dentista. O uso indiscriminado de clareadores compradores na internet nunca é recomendada, porque prejudica os dentes e causa problemas mais graves.

Entre os danos causados por um clareamento inadequado estão:

  • inchaço da gengiva pelo uso de moldeira inadequada;
  • retração e sangramento gengival;
  • inflamação de lábios e bochechas;
  • aparecimento de sensibilidade dentária;
  • ocorrência de lesões em tecidos moles etc.

É por isso que esse procedimento deve contar com o auxílio de um profissional especializado. Nesse escopo, os tipos de clareamento dental existentes são os que apresentamos a seguir. Confira!

Clareamento a laser

É feito exclusivamente no consultório odontológico e se torna um tratamento rápido e prático. O dentista aplica um gel sobre os dentes, que contém uma concentração elevada de agentes clareadores. Em seguida, o laser é aplicado.
Esse procedimento é feito em etapas para evitar que o branco dos dentes fique pouco natural. Por isso, podem ser necessárias de duas a quatro sessões, de aproximadamente uma hora por semana.

Clareamento caseiro

Exige um tempo maior para fazer efeito, mas há um controle mais amplo do resultado. O procedimento é feito por meio de um molde de silicone fabricado para a boca do paciente. Assim, todas as noites é aplicado um gel clareador na placa, que é colocada nos dentes.

Depois de alguns dias, é preciso voltar ao consultório para verificar o resultado. Se ainda não ficar como o esperado, é possível realizar o procedimento por mais tempo.

Esses são os métodos mais seguros e supervisionados por um profissional. Ainda existem fitas clareadoras, encontradas até em farmácias. Elas trazem uma quantidade baixa de peróxido de hidrogênio, que clareia os dentes.

Ainda assim, é fundamental contar com o auxílio de um profissional. Por isso, o ideal é marcar a sua consulta primeiro e, então, verificar o que o dentista indica. Desse modo, são evitados imprevistos e problemas nos dentes.

Em resumo, o resultado desses dois tipos de clareamento dental é o melhor possível. Assim, você mantém um sorriso bonito e saudável.

É o que deseja? Marque sua consulta com um de nossos profissionais e veja como podemos ajudar sua autoestima!



Assine nossa
newsletter



Assign a menu in the Right Menu options.
Agência Digital em BH Marketing Digital BH Agência de Marketing